e-Gov 2: Entrega do projeto garante reforço e melhoria de Redes e Comunicações de Acesso do setor público

quinta, 30 janeiro 2020 15:21

O ato de entrega do projeto e-gov 2 teve lugar na tarde desta quarta-feira, 29 de janeiro, na Escola Fulgêncio Tavares em São Domingos.

Foi presidido pelo Vice-Primeiro-Ministro e Ministro das Finanças, Dr. Olavo Correia e contou com as presenças da Senhora Ministra da Educação e Ministra da Família e Inclusão Social, Dra. Maritza Rosabal Penã, do Secretário de Estado para Inovação e Formação Profissional, Pedro Lopes, do Sr. Presidente da Câmara Municipal de São Domingos, Dr. Clemente Garcia, do Senhor Embaixador da República Popular da China em Cabo Verde, Sr. Du Xiaogong, e do Presidente do Conselho de Administração do NOSi-EPE, Engº Carlos Tavares Pina, além de representantes de diversas entidades públicas e privadas.

O Projeto e-gov 2 foi financiado no quadro da cooperação e de amizade existentes entre os Estados e Governos de Cabo Verde e da República Popular da China. Durante a sua intervenção, o Presidente do Conselho de Administração do NOSi-EPE, Carlos Tavares Pina, realçou os grandes ganhos do projeto: instalação de novos equipamentos no Data Center; fornecimento de 44 infraestruturas de laboratórios Web Labs;  ligação de 18 km de Redes de Fibra Ótica em diversas escolas secundárias e em algumas instituições públicas centrais; estruturação das Redes Locais e instalação de Redes WI-FI em mais de 300 instituições.

Carlos Tavares Pina prevê, até o final do primeiro semestre de 2020, a conclusão dos trabalhos de configuração dos equipamentos instalados para que seja possível fornecer serviços eletrónicos de qualidade aos cidadãos e às empresas, suportados integralmente pelas infraestruturas de Fibra Ótica. A curto prazo, apresenta como desafio do país, dotar todas as instituições do Estado, em todas as ilhas, das mesmas condições e capacidades instaladas no âmbito do projeto e-gov 2.

Para o Embaixador da República Popular da China em Cabo Verde, Du Xiaogong, com este projeto foram alcançados benefícios económicos e sociais significativos e está criada uma base sólida para a estratégia de informatização do governo cabo-verdiano.

Por seu turno, a Ministra da educação, Maria Rosabal, considerou que o programa e-Gov 2 vai aumentar a conectividade e que, consequentemente, vai influenciar o processo educativo dos alunos e da própria comunidade. “Isso significa que a educação não é responsabilidade somente da tutela, mas que todos os outros sectores têm responsabilidade a nível educativo”, esclareceu a ministra, enaltecendo o trabalho do NOSi e do Ministério da Finanças.

Olavo Correia, assegura que o Governo está empenhado em acelerar a Agenda Digital do país, um instrumento que visa contribuir para a transformação de Cabo Verde num Centro digital, por meio de uma infraestrutura digital aprimorada e investindo nas competências e habilidades digitais, para melhorar a competitividade. “Vamos alocar recursos financeiros necessários, recursos humanos, recursos institucionais e alterações de processo para que Cabo Verde possa ser um país exemplar nesta matéria”. Defendeu que o desafio que se coloca atualmente ultrapassa as infraestruturas e que passa pela aposta nas tecnologias e nos processos, para que tudo possa ser feito de forma digital e com a mínima intervenção humana possível - conclui.

 EDIT2   EDIT3     EDIT4      

 Assista a reportagem da Televisão de Cabo Verde sobre o evento: http://www.tcv.cv/index.php?paginas=47&id_cod=87548

 

© Copyright 2016, Núcleo Operacional da Sociedade de informação - E.P.E. Todos os direitos reservados. | design & concepção: NOSi.