Primeiro-Ministro anuncia reposicionamento do NOSI

terça, 23 maio 2017 16:55

O Núcleo Operacional de Sistema de Informação (NOSI) vai ser “reposicionado” para que seja um instrumento de prestação de serviços ao Estado em áreas nucleares, disse hoje, na Cidade da Praia, o primeiro-ministro (PM), Ulisses Correia e Silva.

Em declarações aos jornalistas, após a abertura da 5ª edição da Semana de Tecnologia de Informática e Multimédia (TIM), o primeiro-ministro, esclareceu que essa prestação de serviços é em sectores que não podem ser “externalizados”, designadamente, “nas áreas que mexem com as questões de segurança”.

Avançou ainda que no mercado privado a ideia é que o NOSi se reposicione para deixar espaços para que este mercado se desenvolva, actuando como um “estimulador”, através de apoio com políticas pro-activas.

“Por isso, o reposicionamento do NOSI vai ser no sentido de estimular o sector privado, em vez de entrar em concorrência”, explicou.

Ulisses Correia e Silva adiantou igualmente que o próprio Parque Tecnológico irá funcionar como promotor de incubadoras de empresas, garantindo que o regime de incubação, “já aprovado pelo Governo”, vai ser desenvolvido em todas as ilhas.

As obras da primeira fase da infra-estruturação do Parque Tecnológico de Cabo Verde, em Achada Grande Frente, na Cidade da Praia, vão iniciar-se no próximo mês de Julho, contando com um investimento de 32 milhões de dólares do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD).

© Copyright 2016, Núcleo Operacional da Sociedade de informação - E.P.E. Todos os direitos reservados. | design & concepção: NOSi.