São Miguel já dispõe do Balcão Único de Atendimento Público

quarta, 29 março 2017 10:18

O Ministro das Finanças, Olavo Correia, inaugurou nesta terça-feira, 29 de Março, o Balão Único da Câmara Municipal de São Miguel, em Santiago. “Com este ato, temos a certeza que os cidadãos de São Miguel estarão melhor servidos. Passarão a tratar dos seus assuntos em menos tempo, com mais qualidade e com muito menos esforço”, realçou, Correia.

“A questão não passa exclusivamente por termos um espaço aprazível. O importante é ter uma estrutura que funcione e que dê respostas satisfatórias e em tempo útil”, considerou o responsável pela Administração Pública cabo-verdiana, enfatizando por outro lado, a importância de uma avaliação permanentemente crítica para que possamos continuar a melhorar os nossos serviços.

“O cidadão quando vai a um serviço do Estado, quer ser atendido prontamente do início ao fim. Não lhe agrada ser enviado a outros departamentos ou serviços para tratar da mesma questão. E isso é um inconveniente que não lhe deve ser incutido. Cabe sim ao Estado organizar e responder de forma eficiente às solicitações das pessoas, quer se trate de uma estrutura Central, quer Municipal. Pelo que a solução é organizar para responder às expectativas dos cidadãos de forma cabal”, reforçou, sublinhando os benefícios que a estrutura trará à qualidade de vida dos cidadãos.

Olavo Correia realçou a vontade do Governo em estender o modelo agora inaugurado em São Miguel e que está integrado no programa de modernização da Administração Pública, aos demais municípios de Cabo Verde. Diz que conta com importantes parcerias, nomeadamente da Casa do Cidadão.

O Governante aproveitou ainda para pedir um “djunta mom” a todas as direções do Estado e aos Municípios porque “o que está em causa não é de longe nem de perto a competição entre as entidades. Outrossim, é a união e trabalho em prol do bem comum”, realçou.

Por seu turno, o presidente da Câmara Municipal de São Miguel, Herménio Fernandes, congratulou-se com o facto dos munícipes daquela localidade não terem doravante que se deslocar ao Tarrafal para requerer uma simples certidão. “Quanto menos burocracia melhor”, enfatizou edil de São Miguel.

Fonte: A Semana

© Copyright 2016, Núcleo Operacional da Sociedade de informação - E.P.E. Todos os direitos reservados. | design & concepção: NOSi.